IR 2020: Minha restituição não caiu na minha conta; o que fazer?

por set 11, 2020Notícias4 Comentários

pagamento da restituição do Imposto de Renda 2020 caiu na conta nesta segunda-feira (31), mas o que fazer se o esperado dinheiro não aparece na conta-corrente? Foi o que aconteceu com a internauta Cintia, que enviou esta dúvida para a coluna: Declarei o Imposto de Renda 2020 e tive direito à restituição, que receberia agora. Porém o dinheiro não caiu na conta, porque a declaração foi enviada com um erro no número da conta. O que faço agora?

Resposta: Quando há algum erro no número informado da conta-corrente do contribuinte, a restituição é devolvida para o Banco do Brasil. É preciso esperar pelo menos um dia útil para que a transação apareça e o contribuinte consiga pedir o reagendamento para o Banco do Brasil.

Entre em contato com a Central de Atendimento do Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos), das 8h00 às 21h00, ou compareça pessoalmente a uma agência do Banco do Brasil, para pedir o reagendamento do crédito, informando os dados corretos dessa vez.

Como mudar a conta antes de receber a restituição?

É possível alterar a conta indicada para o crédito da restituição antes da inclusão do contribuinte em um dos lotes de restituição de duas maneiras:

1) Fazendo uma declaração retificadora

Veja o passo a passo de como fazer uma declaração retificadora
2) Por meio do Centro Virtual de Atendimento (e-CAC)”

1) No Portal e-CAC, acesse o Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF) situado nos Serviços em Destaque.

No item Restituição, clique em “Consultar e Alterar Conta para Crédito de Restituição” e informe os novos dados bancários.

E o que fazer se a restituição já foi liberada?

1) Se a restituição foi liberada, mas não creditada:

Nesse caso, o contribuinte deve entrar em contato com a Central de Atendimento do Banco do Brasil, por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (exclusivo para deficientes auditivos), das 8h às 21h, ou comparecer pessoalmente a uma agência do Banco do Brasil.

2) Se a restituição foi liberada e não foi resgatada:

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, terá de requerer a restituição depois por meio do Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no Portal e-CAC, no serviço Meu Imposto de Renda.

Fonte: https://noticias.r7.com/prisma/o-que-e-que-eu-faco-sophia/ir-2020-minha-restituicao-nao-caiu-na-minha-conta-o-que-fazer-01092020

4 Comentários

  1. ELOÁ MARIA SELBACH DE LIMA

    Preciso receber a restituição do IR do Exercício 2018 Ano Calendário 2019 da declaração do meu falecido esposo ( óbito 07/10/2018) Walter Oliveira de Lima 007.563.000-10, Valor R$ 1.361,55. O Inventário foi concluído 04/06/2020. Como devo proceder? Eloá Maria Selbach de Lima CPF 689.158.610-00, 83.

    Responder
    • Leandro Lino

      olá Eloá,

      Se o valor ainda não foi pago pela receita federal, tem que esperar pagar e então como o inventário levanta o dinheiro no banco.
      Se já foi enviado o pagamento e voltou, tem que agendar novamente o pagamento no Banco do Brasil.

      Att.

      Leandro

      Responder
  2. Irisvaldo da Silva Dias

    Oi fui vereador em 2013 a 2016 fazia a declaração de imposto de renda, e nunca recebi está restituição, tem como receber ainda, qual seria a procedência, quem devo procurá.

    Responder
    • Leandro Lino

      Olá

      Deve procurar a Receita Federal, ou contador ou advogado de sua confiança para ver o que está acontecendo.

      Att.

      Leandro

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat