RECEITA FEDERAL DE RECIFE ISENTA APOSENTADO COM CARDIOPATIA GRAVE DO IMPOSTO DE RENDA!

por nov 22, 2020Artigos1 Comentário

A CARDIOPATIA GRAVE é uma das moléstias que geram direito à isenção do imposto de renda sobre a aposentadoria oficial (INSS) e complementar (FUNCEF, PREVI, PETROS etc.).

Considera-se cardiopatia grave aquela que gere graves problemas cardíacos, que levem a necessidade de um tratamento prolongado e gerem risco de vida ao paciente.

Alguns casos podem ser considerados cardiopatia grave, p. ex.: valvopatia, síndrome de insuficiência cardíaca congestiva, insuficiência coronariana, síndromes de hipoxemia e/ou baixo débito sistêmico, revascularização cardíaca, implantação de stentes farmacológicos, implantação da marcapasso, ponte de safena etc.

Para análise da condição de cardiopatia grave, além da existência das situações supra exemplificadas, temos que analisar a existência de comorbidades, como hipertensão, diabetes, arritmia etc.

No caso em comento, nosso cliente fez cirurgia de vascularização cardíaca após ter tido infarto do miocárdio e colocou 3 stentes, sendo que atualmente, possui diabetes, é hipertenso e tem arritmia moderada, sendo assim considerado cardiopata grave.

Por ser cardiopata grave e, considerando que a data do diagnóstico inicial, em qual, levou a revascularização foi em 2000, e é aposentado desde 1999, além da isenção do imposto de renda futuro, irá restituir os últimos cinco anos de impostos pago indevidamente na folha de pagamento e na declaração de imposto de renda.

ISENÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA, DIREITO DE MUITOS E CONHECIDO POR POUCOS!

1 Comentário

  1. Níldea Veiga Gracia

    Fiz cirurgia de troca de válvula mitral gostaria de saber se tenho direito a isenção do imposto de renda.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat